quinta-feira, 15 de fevereiro de 2007

Informática na Pré-Escola – Muita Cautela

A informática na pré escola vem sendo apregoada como um diferencial importante para os pais na hora de escolher a escola de seus filhos. Não podemos negar a grande contribuição não só do computador como de muitos outros avanços tecnológicos na aprendizagem das crianças, desde a mais tenra idade.
As escolas vêem-se na contingência de implantar a computação a qualquer custo para sobreviver à concorrência, e acabam por fazê-lo, as vezes sem clareza de seus objetivos, sem professores capacitados, sem infra estrutura adequada. Ou ainda acabam utilizando o serviço de terceiros, que dispõem da infra estrutura e do conhecimento da informática, mas pouco conhecem do processo de aprendizado das crianças desta faixa de idade.
Os aspectos afetivos e sociais do desenvolvimento da criança jamais podem ser colocados em segundo plano, pela ênfase dada a aspectos estritamente cognitivos ou até mecanicistas com atividades repetitivas, pouco criativas. Enfim, o que vemos em muitas escolas, são as ditas “aulas de computação” até , como um fim em si mesmo, sem nenhum relacionamento com outras atividades realizadas na escola.
Não espere que seu filho de 4 anos, obrigatoriamente, domine o Word ou algum outro processador de texto: isto poderá até vir a acontecer, mas tudo tem seu tempo e o objetivo central de nossa atividade não é esse.

Nosso objetivo é fazer do computador uma ferramenta a mais, diferente e estimulante, onde ele ganhará mais um espaço para criar, e todos nós poderemos participar desta criação em conjunto com eles.

Como? De várias formas

  • postando fotos do aniversário na escola,

  • escrevendo histórias contadas por eles,

  • postando desenhos feitos por eles, seja no computador ou no papel,

  • Gravando canções da escola ou qualquer outra que ele tenha interesse em colocar

  • Auxiliando-o a pesquisar sobre assuntos criados em aula

  • Recebendo comentários de professores a alunos de outras escolas, dos mais variados locais do Brasil e até de Portugal.

E muitas outras formas de interação, em que pais, professores, alunos e até amigos poderão participar.

Fonte para pesquisa: http://www.centrorefeducacional.com.br/refletir.html

Um comentário:

Thaiza Montine disse...

Olá!
Muitíssimo grata por tua presença em meu "cantinho"!
Sinta-se a vontade em retornar sempre que desejar.Serás bem vinda com certeza!
=]
Não trabalho com crianças, como você, mas sim com adolescentes.Mas tenho um filho que acabou de completar 1 aninho de idade, e vejo que posso tirar muita coisa boa para auxílio aqui de teu blog.
É incrível e interessante o fascínio dele por livros, revistas, gravuras. Não sei ao certo, nunca convivi com criança pequena por perto, mas acho muito interessante pela pequena idade dele.
=]
Forte abraço a ti.
Doce e suave noite.
p.s.:grata pela dica do autor.E acho que, no fundo devo ser uma grande fã dele[hehehe]pois vira e mexe publico algo dele.
Rsss!
[]'s